Home » Cultura » Festival Arte na Praça terá música, dança, teatro e mágica

Festival Arte na Praça terá música, dança, teatro e mágica

Música, dança, teatro, mágica. Todas essas manifestações culturais estão na programação do Festival Arte na Praça, evento pensado para todas as idades e famílias, que acontecerá neste domingo, dia 17 de dezembro, em frente ao trapiche de Canasvieiras, Florianópolis. As atrações começam às 15h e acontecem até às 20h. A programação é toda gratuita.

A tarde começa com o cortejo Maracatu, do Arrasta Ilha, que se apresenta desde 2002 em Florianópolis. O Maracatu é uma manifestação de origem africana e simboliza, entre outras coisas, a coroação dos reis do Congo, feita em forma de cortejo, que é acompanhado por uma orquestra de percussão formada por alfaias, abês, ganzás, atabaques, taróis e gonguê, além de uma voz solo e o coro de vozes.

Na sequência, às 16h, no palco do festival recebe Chico Martins e Ana Rosa. Pai e filha irão apresentar clássicos infantis de Toquinho, Turma do Balão Mágico, Raul Seixas e Chico Buarque e músicas dos discos “Começou a Brincadeira” e “Caixinha De Música”.

Às 17h, acontece o show da dupla da velha guarda da cena musical ilhoa, já indicada ao prêmio Sharp e convidados da “Canja do Jô Soares”, Janet e Joel Brito, voz e sax, acompanhada pelo guitarrista Júlio e com a participação especial da neta da dupla, Luana de 7 anos. “Ela vai se apresentar no trapézio (circense), cantar e convidar as crianças para participar, cantando e tocando”, conta Janet, que é proponente do projeto do festival contemplado pela Lei Rouanet.

O festival segue com Circus Fever, que apresentará “Hoje Tem Palhaçada!”. Dois excêntricos palhaços – o Leleco e a Lilica, entre tombos e gargalhadas, mostram suas habilidades com muita comédia. No show há números circenses com malabarismo, mágica e música, que fazem rir crianças e adultos.

Às 19h, tem espetáculo de mágica “ Cara a Cara ”, de Diogo Alvares, que levará o público a experimentar muitas surpresas. Serão números de manipulação, ilusão e hipnose, que atraem a atenção dos mais céticos e dos mais sonhadores.

Para fechar a programação, boi-de-mamão com o Grupo Alivanta meu boi. O grupo, formado majoritariamente por crianças, busca resgatar a cultura e tradição açoriana. Entre os personagens retratados estão o boi, Mateus, Moreninha, os urubus, benzedeira, vaqueiro, cabras, urso branco e preto, macaco, gorila, bernunça e seu filhote, Maricota, Marieta e Valdemar.

O evento tem o patrocínio da Tractebel Energia, da Celesc e da Casan e apoio cultural da Fundação Cultural de Florianópolis Franklin Cascaes – que no mesmo dia, mas na parte da manhã, realiza mais uma edição do Floripa em Movimento em frente ao trapiche de Canasvieiras.

“Um evento como esse é uma necessidade tanto para os artistas quanto para o público. Falo de abrir espaço para todos os tipos de manifestações culturais, com objetivo de resgatar a imaginação de pessoas de todas as idades”, afirma Janet Machnacz Ferreira.
O festival está em sua terceira edição. As duas primeiras, no Parque de Coqueiros, reuniram cerca de 3.600 pessoas. A produção é da Contexto – Gestão de Projetos.

Programação
15h – Cortejo Maracatu – Arrasta Ilha
16h – Show musical infantil com Chico Martins e Ana Rosa
17h – Show de Janet e Joel Brito, com participação especial de Luana, de 7 anos.
18h – Espetáculo “Hoje tem palhaçada”, de Circus Ferver
19h – Espetáculo de mágica “ Cara a Cara”, com Diogo Alvares
20h – Boi-de-mamão com o Grupo Alivanta meu boi

Publicações Similares

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Translate »

Login

X